Seguidores

domingo, 2 de agosto de 2009

Assim surgiu a aranha...

Segundo o poeta romano Ovídeo nas suas “Metamorfoses”, Arachne tecedeira que morava na Lydia (localidade famosa por produzir alguns dos tecidos mais belos do mundo antigo) envaidecida com a sua perícia na arte de tecer, arrogantemente reivindicava que a sua capacidade rivalizava com a da deusa Atena. Esta na qualidade de protectora dos tecelões, tomando conhecimento da existência de Arachne, viaja até á Lydia a fim de se confrontar com ela. Disfarçada de um camponês idoso, Atena, advertiu a jovem para que não se comparasse aos dos deuses. A tecedeira rejeita os conselhos e vaidosa desafia a própria deusa para uma disputa. Atena teceu uma tapeçaria com imagens que prediziam o destino dos mortais que desafiavam os deuses e Arachne uma tapeçaria onde mostrava os amores dos deuses. A jovem tecelã foi tão perfeita durante a disputa que a deusa não encontrando uma falha sequer, irada feriu Arachne e rasgou-lhe a tapeçaria. A jovem ficou tão triste que tentou o suicídio enforcando-se, mas a deusa apiedando-se, salvou-a transformando a corda que Arachne usava numa suave teia, mas pelo seu pecado foi transformada numa aranha, e assim a beleza de sua arte nunca deixaria de ser realizada

5 comentários:

Daniela Figueiredo disse...

Que linda história! Não conhecia! Adorei o novo visual do blog, está moderno, mais claro. Beijos.

LISON disse...

SAUDAÇÕES!
AMIGA EMILIA,
Que lenda fascinante, quanta riqueza!
Uma estoría simplesmente fantástica!
Parabéns pelo lindo Post!LISON.

Brigit & Celene Garco disse...

Eu ja tinha ouvido por cima, agora amei ler os detalhe, obrigada por me esclarecer o que eu não sabia. abraço e namastê.

ProfessorNelsonMS disse...

Emilia,

Um belo conto da mitologia grega com uma importante lição de sobre vaidade e orgulho.

Um abraço.

Nelson

Guilherme Freitas disse...

A mitologia grega é fascinante. Essa história não conhecia, mas achei muito interessante. Eu adoro ler histórias sobre a mitologia grega e seus deuses e personagens. Abraços.