Seguidores

terça-feira, 24 de março de 2009

Anagramas, faça o seu...

Um anagrama (do grego ana = "voltar" ou "repetir" + graphein = "escrever") é uma espécie de jogo de palavras, resultando do rearranjo das letras de uma palavra ou frase para produzir outras palavras, utilizando todas as letras originais exactamente uma vez. Um exemplo conhecido é o nome da personagem Iracema claro anagrama de América.

Os anagramas podem ser simples ou múltiplos. Deixo aqui alguns exemplos.
Prato, Tropa, Parto, Porta, Rapto…

Arte, tear, ater…

Casar, sacar, rasca, …

Roma, amor, ramo, mora…

Velas, levas, selva, vales…

Leonardo da Vinci usava anagramas para proteger os seus estudos contra espiões.
Faça o seu e verá que é divertido.

3 comentários:

ANANIAS disse...

Tumino nirtesesenta.

Luciana disse...

Pois é, Emilia, eu fiz umpost sobre os palíndromos esta semana, e é mais ou menos parecido com os anagramas. A graça da arte está justamente na criatividade e na beleza da perfeição.
Existem anagramas fantásticos, assim como palíndromos.
É a nossa língua...
Beijos!

Jorge C. Reis disse...

Meu Pai usava um, como pseudónimo, nos escritos que fazia: Samuel Rosa Natide.
Bj