Seguidores

sábado, 21 de março de 2009

Sagração da Primavera


Sandro Botticcelli foi um célebre pintor italiano da Escola Florentina do Renascimento
A sua obra intitulada "A Primavera" é uma obra de temática mitológica clássica que nos apresenta a alegoria da chegada desta estação.
Ao centro encontra-se Vênus, que media toda a cena. Na tradição clássica, Vênus e o Cupido surgem para avivar os campos, fustigados pelo inverno, iniciando a primavera ao semear flores, beleza e atração entre todos os seres. Sobre a cabeça de Vênus está o Cupido, seu filho, de olhos vendados, apontando a seta do amor em direção às três figuras que representam as Graças (Aglaia, Talia e Eufrónsina), símbolos da sensualidade, da beleza e da castidade. Mais à esquerda encontra-se Hermes dissipando as nuvens.



Stravinsky concebeu a obra "Sagração da Primavera" em 1910, quando, segundo as suas palavras, "sonhou com uma cena de ritual pagão em que uma virgem eleita para o sacrifício dança até morrer".
O vídeo aqui apresentado é do coreógrafo francês Maurice Béjart, um dos fundadores da dança contemporânea

7 comentários:

Luciana disse...

Muito lindo, Mi, tanto imagem quanto vídeo.
Fiquei aqui assistindo, impressionada!

Adorei!

Beijos!

Juan Trasmonte disse...

Que beleza!
Enquanto isso, por aqui, no sul da América, começa o outono.
bjs

DiAfonso disse...

Excelente postagem! Parabéns!

Grande abraço!

ps. Esta postagem foi reblogada no Terra Brasilis com os devidos créditos.

Palavras & Histórias disse...

Quero de todo coração, agradecer.

Quando eu, que moro na roça, teria oportunidade de assistir um espetáculo destes? Jamais imaginaria ver isto no Youtube.

E você me presenteou! Estou fascinada!

Obrigada, querida!

Arte e Café disse...

Um Espetáculo Maravilhoso.
A expressão da obra tem uma forte
característica das Artes Cênicas!
Muito bom mesmo!
Abraços

Malu disse...

Uma grandiosa obra, cheia de magia e energia.
De uma coreografia impecável, apesar de ter sido muito criticada na época.
Uma bela escolha, Emília.
Lindo! Lindo!
Abraços

Ebrael disse...

Infelizmente, no meu trabalho não há como ouvir o som do vídeo, mas apreciei muito a obra de arte. Sempre fui muito apegado a obras mitológicas e tradicionais. Ah, quem me dera saber o que fui em vidas passadas!

Feliz primavera para você, enquanto curto meu outono frio, já que não suportava o calor infernal que estava fazendo aqui!
Bjs!