Seguidores

terça-feira, 10 de março de 2009

Homem de Vitrúvio


A imagem de um homem com dois pares de braços estendidos tem enfeitado paredes, pelo menos, durante duas gerações, “O Homem de Vitrúvio”.
Vitrúvio, engenheiro, arquitecto e escritor, viveu em Roma entre o final do sec.I a.C e o início do sec. I d.C..Escreveu um extenso livro, “De Architectura”, contendo dez capítulos enciclopédicos, nos quais discute aspectos do planeamento, engenharia e arquitectura de uma cidade romana, mas também inclui uma secção sobre as proporções humanas.
Diz na sua obra que as medidas do corpo humano são distribuídas pela natureza, da seguinte forma: que 4 dedos fazem um palmo, e 4 palmos fazem um pé, 6 palmos fazem o cúbito, 4 cúbitos fazem a altura do homem. E 4 cúbitos fazem 1 passo e 24 palmos fazem um homem; e foram estas medidas que usou nos seus edifícios.
A composição O Homem de Vitrúvio, tal como é ilustrada por Leonardo da Vinci, é na íntegra, baseada no tratado acima citado, escrito por Vitrúvio, sobre as dimensões do corpo humano; as quais se vieram a mostrar estarem grandemente correctas, sendo a ênfase dada à racionalização da geometria, por meio de pequenos números inteiros, para construir uma composição.

1 comentário:

rebloggando-requeri disse...

esses assuntos são sensuais, intrigantes e atraentes ... parabéns, mi.